Tudo começou na tensa manhã de 10 de setembro de 1836, nosso General Antônio de Souza Neto liderou cerca de 400 gaúchos nos campos dos Menezes, atual Candiota, costeando o Rio Jaguarão. Nossos farrapos de pelearam contra soldados imperiais liderados por João da Silva Tavares. Nesse local ocorreu um dos mais importantes embates da Revolução Farroupilha: a Batalha do Seival.

Na volta das 09 horas, tiros das carabinas interromperam a roda de mate e deram início ao duelo. Os cavaleiros farroupilhas seguiram a galope em direção à cavalaria imperial, composta por quase 500 homens. O encontro das tropas fez o metal das espadas rangir e ecoar pelo campo afora. E, mesmo com um número inferior de soldados, os farroupilhas venceram o sangrento combate.

Na aurora seguinte, 11 de setembro de 1836, Neto bradou aos quatro cantos e proclamou a República Rio-Grandense. E a partir dali, esse Sul nunca mais foi o mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *