Muitos acreditam que ela vem dos espanhóis e portugueses, pois é um calçado que é bastante uso nessa região. Mas e se eu te contar que eles também foram conquistados pelas alpargatas?

Mas se tu for um peão meio ligadote em etimologia, logo mata a origem, pois a maioria das palavras do nosso vocabulário que começa com o prefixo “al” vem dos árabes, dos mouros. Então Alparagata, alpargata ou até alpercata, se origina do árabe “albagati” que quer dizer simplesmente: sapatilha.

Pra enterdemos melhor, temos que saber que lá pelos idos de 700 dC, os mouros invadiram a península hibérica. E pra quem já viu o vídeo sobre as bombachas, sabe que os árabes eram excelentes cavaleiros e utilizavam algumas roupas bem parecidotas com as dos gaúchos pras lidas montadas.

Os mouros utilizavam as alpargatas como parte da sua farda militar, de combate. Mas não pela alpargata ser um bom calçado pra guerra, mas sim por ele ser fácil e barato de se produzir.

E justamente por essas características de simples produção, foi que as alpargatas conquistaram as classes trabalhadoras espanholas, tanto urbanas quanto rurais.

Anos mais tarde, mais ou menos na volta de 1865, houve uma grande imigração de espanhóis e portugueses para o continente americano. E na bagagem vieram as alpargatas é claro.

E por serem confortáveis e baratas, elas se tornaram itens inseparáveis de homens e de mulheres, desde o século 19 até os dias de hoje.

Outra coisa que não mudou muito de lá pra cá foi o seu modo de produção. Onde o solado é de fibra vegetal e o fechamento é em lona. As cores predominantes eram a preta e a branca, mas depois começaram a aparecer outras cores como o azul marinho, vermelho escuro. E hoje a gente tem de tudo quanto é cor e até umas estampadas.

Arrisco a dizer que as alpargatas são uns dos poucos artigos da pilcha dos campeiros que é utilizado em quase todas as ocasiões e classes sociais.

Hoje encontramos diversos modelos de alpargatas, como essas de fibra vegetal, outras já de solado de borracha e acabamento em couro, outras de borracha e tecido. Mas todas elas tem a mesma função que é de proteger os pés para as atividades em dias secos. Tche, até por que alpargata molhada não tem vivente que mereça!

E as alpargatas não são só utilizadas pelos gaúchos, argentinos e uruguaios, os chilenos e colombianos também usam e elas fazem parte de alguns trajes típicos, inclusive.

E aí tu me pergunta se a alpargata é parte da pilcha? Mas é claro que sim. Para atividades em dias secos e informais, é quase obrigação tu trocar as botas pelas alpargatas.

Como material complementar, eu indico tu dar uma mirada nas obras pintor argentino Molina Campos, onde ele retrata muito a lida de campo argentina antiga. E em sua maioria o povo tá usando alpargata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *