Segundo os médicos e especialistas em saúde pública, nos próximos dias o número de infectados por esse vírus irá aumentar e muito. Como a gente ainda não tem como acabar com o vírus, o jeito é não deixar ele se criar.

A transmissão do vírus se dá pelo contato e pela saliva, o que impacta diretamente nas rodas de mate desse pago amado.

Por mais que a erva-mate seja um produto cento por cento natural, rico em diversos elementos, forte estimulante com propriedades anti-inflamatórias e tem alto índice de antioxidantes que ajuda o nosso organismo a se defender de diversas doenças, com o tal covid-19 temos que ter certos cuidados.

É de fundamental importancia manter a sua cuia e a sua bomba sempre muito bem higienizadas. Lave com água quente depois e antes de utilizar. E principalmente, deixar de compartilhar o mate. Mantemos o hábito, a tradição, mas cada um com a sua cuia e seus aperos. Dessa forma, temporariamente deixamos de compartilhar o mate, para compartilhar a responsabilidade.

Esse tal do corona virus é um assunto muito sério que deve ser cuidado por todos. Quanto mais nos cuidarmos, menores os riscos de pegarmos ele.

Vamos supor que essa cuia seja a quantidade de leitos em hospitais disponíveis para atender a população. E a térmica seja a quantidade de pessoas com corona virus. Por enquanto, tem poucos infectados e todos podem ficar internados.

Mas o grande problema está daqui pra frente, o tamanho da cuia não vai aumentar pra caber toda a água que tem na térmica… aí tu já deve imaginar o que acontece.

Comentários
  1. Chimarrão do casal: cada um com sua cuia e bomba. A esposa com uma cuia, o marido com outra, para um não trazer o vírus de fora e contaminar o outro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *