Mas veja como é a cosa, nessa atual situação
Se instrui a população prá se manter isolada
Parece até que é piada, mas o tal vírus é cuiudo
E quem acha que sabe tudo, descobriu que não é nada

A nossa prosa é sobre como que a gauchada tá utilizando a tecnologia pra se virar nessas épocas de quarentena. No costado, o melhor da música campeira pra acompanhar o teu churrasco. Para fazer download desse programa é só clicar aqui.

Confira a relação de músicas, compositores e intérpretes apresentados nessa edição:

Música Compositor Intérprete
Tô de Quarentena Érlon Pérciles e Pirisca Grecco Érlon Pérciles e Pirisca Grecco
Pilcha Nova Filipe Corso e Diego Muller Comparsa Sureña e Joca Martins
Do rincão do pau fincado Rogério Villagran e André Teixeira André Teixeira
Fole Floreado Diego Müller, Rodrigo Bauer e Edilberto Bérgamo Diego Müller part. Cesar Oliveira e Rogerio Melo
Maragato Farroupilha Iedo Silva Os Muuripás
Disposto Fernando Broda, Beto Vilaverde e Cristiano Fantinel Os Chacreiros
Tava morto e não caiu Capitão Faustino e Maiquel Filho Capitão Faustino part Cesar Oliveira e Rogério Melo
Água no lombo Mateus Lampert e Jader Leal Jader Leal
A minha estirpe crioula Adriano Alves e Jari Terres Jari Terres
Cintura de Sapo Jorge Guedes e Família Jorge Guedes e Família
Por Que Será Negro Palma Ricardo Portto part. Cássia Abreu
Minha gaitinha Gilson Aguiar e Jari Terres Alma Musiqueira
Tô de Quarentena Érlon Pérciles e Pirisca Grecco Érlon Pérciles e Pirisca Grecco
Num baile de cola atada Rogério Villagran e Uiliam Michelon Pátria Sulina
Quando Eu Abro Minha Cordeona Pedro Ortaça Pedro Ortaça
Bailanta da Siá Chinica Noel Guarany Ricardo Comasseto e André Teixeira
Virou linguiça Rodrigo Bauer e João Luiz Correia Mano Lima e João Luiz Correia
Coração de Gaiteiro Luiz Carlos Borges e Mauro Ferreira Luiz Carlos Borges
Cordeona-me Gujo Teixeira Luciano Maia
Alma de Gaita João Alberto Pretto Os Monarcas
Sinto Orgulho do que sou Francisco Vargas Baitaca
No furo da bala Raineri Spohr Raineri Spohr
Pra bailar sapateando Dedé Cunha Dedé Cunha
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *